Grupos Tarifários Verticais é um conjunto de acomodações em um mesmo endereço que possui um determinado padrão de estrutura e serviços, formando assim uma categoria de acomodações.

Neste caso, as unidades são comercializadas como quartos de hotel e não de forma individualizada.

No exemplo abaixo extraído da Booking.com, Quarto Duplo Standard representa um conjunto de acomodações e o hóspede ao reservar apenas escolhe a categoria. Cabe ao meio de hospedagem definir em qual unidade o hóspede será alocado.

Para te ajudar a fixar este conteúdo, veja abaixo as dúvidas mais frequentes:

Quem pode usar este recurso?

O recurso é indicado principalmente para Hotéis e Pousadas com acomodações que seguem um padrão de serviços e estrutura.

Entretanto para o mercado de aluguel de temporada, caso você administre diversas unidades similares em um determinado endereço, essa pode ser uma oportunidade de negócio.

Quais são as vantagens deste recurso?

A grande vantagem do recurso é a flexibilização do calendário de diversas acomodações.

Além disso, há alguns outros benefícios agregados, como a melhora da competitividade do seu anúncio nos Canais.

quero saber mais...

Quais Canais de Venda são compatíveis com este recurso?

Os Canais de Venda compatíveis são AirBnB, Booking.com, Expedia e HomeAway.

Caso você já tenha anúncios ativos e deseja usar o recurso, é importante fazer ações preliminares antes da conexão!

quero saber mais...

Como criar um Grupo Tarifário Vertical com acomodações idênticas?

Caso suas unidades sejam idênticas, é possível fazer o cadastro delas através da clonagem de anúncios.

Isso te ajudará não só a ter um cadastro de anúncios mais ágil como também já define a relação de dependências sobre os tarifários dessas unidades.

quero saber mais...

Como criar um Grupo Tarifário Vertical com acomodações parecidas?

Esse recurso é usado para casos em que suas acomodações tenham o mesmo padrão de estrutura ou serviços.

Você poderá agrupar os seus anúncios e definir qual deles será o "mestre" do grupo.

quero saber mais...

Se preferir, veja nosso vídeo sobre o tema. Basta acessar o link abaixo:

Ver Vídeo